Paquito

Jovem gay é brutalmente espancado por dois rapazes ao sair de boate em Taubaté

3 posts neste tópico

Posts Recomendados

Paquito   

agress%C3%A3o-homofobia-pheeno-capa-2.jp

 

Ítalo Baptista, 27 anos, foi brutalmente espancado no último sábado (07/04), na saída de uma casa noturna LGBT, no Centro da cidade de Taubaté (SP). Segundo a vítima, ele e um amigos estavam deixando o local quando foram abordados por dois homens.

 

“Meu amigo saiu correndo, mas eu não consegui. Eles me derrubaram no chão e começaram a chutar e socar o rosto. Eu não lembro de tudo, mas eles me arrastaram, chutaram principalmente meu rosto e me bateram com a madeira”, contou. Um casal que mora na rua ouviu gritos durante a agressão e saiu de casa para ajudar a vítima. “Ouvi um grito de dor e desespero, e quando fomos olhar para a janela vimos os dois espancando para matar. Meu marido saiu atrás dos caras e eles se assustaram e fugiram. O Ítalo estava todo ensanguentado”, contou Michele Manzetti para o G1.

 

agress%C3%A3o-homofobia-pheeno-capa-229x

 

Na fuga, os criminosos levaram o celular da vítima. O casal acionou a polícia e a vítima foi levada ao Hospital Regional de Taubaté com diverso ferimentos, principalmente no rosto. Para Ítalo e para a família que ajudou no socorro, a agressão foi motivada por homofobia.

 

“Geralmente, quando se trata de assalto, nem sempre tem agressão, mas quando tem é só até a pessoa entregar o que eles querem e depois vão embora. No meu caso, eles permaneceram me agredindo mesmo depois de pegarem meu celular. Foram muito violentos, se ninguém tivesse me ajudado, eu tinha morrido”, acredita Ítalo. Um boletim foi registrado e a polícia informou que já identificou possíveis suspeitos de cometerem o crime.

 

“À príncipio é muito prematuro dizermos que foi um crime de homofobia. Inicialmente foi um roubo patrimonial, porque o celular foi levado. Mesmo assim, não vamos descartar as outras possibilidades e vamos investigar cada uma delas para descobrir o que realmente foi”, afirmou o delegado Horácio Campos.

 

Ainda segundo o delegado, imagens da câmera de seguranças de algumas casas e comércios da região não filmaram a agressão, mas ajudaram a identificar alguns possíveis suspeitos. Eles serão intimados na próxima semana para prestar depoimento e passar por reconhecimento da vítima.

 

Exclusivo aos membros.

    Cadastra-se ou logue em sua conta para ver o conteúdo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sugar   

Você precisa estar logado para ler o conteúdo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você precisa estar logado para ler o conteúdo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora