Ir para conteúdo

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Rock8

Caloteira, eu? Anitta continua empurrando processo com sua ex-empresária e choca com manobra contra juíza

392 posts neste tópico

Posts Recomendados

briga-de-anitta-e-a-ex-empresaria-kamill

 

Anitta provou que vai lutar até o final na Justiça para não perder a batalha que trava com sua ex-empresária Kamilla Fialho desde 2014, quando a cantora decidiu abrir seu próprio escritório para gerenciar a carreira.

Nesta quarta-feira (6), os advogados de Anitta entraram com uma medida de suspeição da juíza responsável pelo processo que

Exclusivo aos membros.

    Cadastra-se ou logue em sua conta para ver o conteúdo.
.

"Eles tiveram três anos para tomar essa medida e isso é uma clara tentativa de atrasar o andamento do processo e seu julgamento, ato de intimidação contra a juíza", contou ao UOL o advogado de Kamilla Fialho, Leonardo Gomes

Na época do início do processo, um laudo da perícia judicial apurou que o valor da multa contratual a ser recebida pela K2L é de R$ 9.646.222,07. Em julho de 2015, a cantora chegou a fazer um depósito judicial de R$ 3 milhões de reais. De acordo com Leonardo, hoje os valores estão na casa dos R$ 20 milhões de reais.

 

"É uma quantia alta e por isso se explica todas as tentativas para adiar o fim do processo. Realmente é uma ousadia absurda. Mas todas as medidas cabíveis serão tomadas. A K2L não irá se intimidar e tem convicção de que a juíza do processo também não. A justiça irá prevalecer, e os responsáveis por essa atitude temerária serão responsabilizados" , finalizou Leonardo

 

A reportagem procurou a assessoria de Anitta, mas ainda não obteve retorno. 

 

Entenda o caso

Kamilla era uma das mentoras de Anitta, que se firmou como o principal nome do cenário musical brasileiro da atualidade. Ela teria sido uma das responsáveis pela transformação da MC em diva pop e orientou a sua ex-protegida a fazer plásticas --implante de silicone e rinoplastia--, além de aulas de teatro, canto e dança.

Quando romperam, em agosto de 2014, Kamilla disse ter sido surpreendida, pois se considerava amiga da cantora. Em setembro daquele ano, a Justiça deferiu pedido de Anitta, proibindo a empresa K2L de representá-la.

A acusação da cantora era que "planilhas de prestação de contas irregulares" mostravam desvio de R$ 2,5 milhões de suas contas.

"O que tenho é tristeza e perplexidade de não entender o que aconteceu. Não estou entendendo nada, mas uma hora as coisas vão se esclarecer", disse Kamilla à época. Ela sempre negou as acusações.

 

Exclusivo aos membros.

    Cadastra-se ou logue em sua conta para ver o conteúdo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só esse advogado que dá entrevistas, rsrs, amo que Anitta finge que nada acontece, eles devem ficar muito nervosos com a falta de declarações.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Publicidade

FACEBOOK

×