Ir para conteúdo

Entre para seguir isso  
Eric dos Palmares

Jennifer Lopez sobre o tributo à Motown no Grammy: "Música não tem cor" + poc espumando "n tem 1 negro relevante atualmente".

67 posts neste tópico

Posts Recomendados

@Chay @levi vocês me prometeram que o backlash foi só no twitter

 

vu8SSh1.jpg

 

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

ela tá tendo que se retratar em entrevista porra KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Arroz de premiação sem noção, sem talento, fez playback, e ainda por cima completamente desconectada com o contexto do tributo.

 

 

 

  • Amei 1
  • Morta 1
  • WTF 2
  • AAAAAA 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

a importância da Motown é a cor e a Jennifer Lopez vem me falar isso no Black History Month depois de fazer um tributo totalmente nada a ver

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"JLo parece errar rude ao não compreender o espaço restrito de poder que pessoas negras ocupam ainda hoje na indústria"

 

Isso aqui resume tudo

Ela deveria ter recusado sim! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

poc espumando "n tem 1 negro relevante atualmente".

 

puts kkkkkk gente me poupe ne, qm ta espumando aqui? 

nao vou  atacar uma pessoa q esta sempre em causas latinas, me poupe

  • WTF 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, burberry disse:

ai zzzzzz

 

que militância desnecessária. 

 

se ela recusasse iam dizer que ela era esnobe e estava fazendo pouco caso.

 

8 minutos atrás, burberry disse:

jlo não fez nada de errado. o tributo foi super bem feito e teve o ne-yo no meio da performance também.

 

sem drama e sem militância desnecessária.

 

Pitchfork:  Também tem o óbvio: nada foi menos cantado ao vivo do que o medley de Jennifer Lopez no tributo a Motown. Lopez é um artista simpática cujas habilidades não são pra isso;  foi uma escolha estranha, mas clássica do Grammy, de tê-la como o rosto da performance e receber 75% do tempo de exibição de uma homenagem a uma gravadora que foi projetada como um veículo para artistas negros se lançarem. A única explicação é que, dando-lhe o medley de Motown, eles impediriam que ela estragasse o tributo a Aretha Franklin, que foi cantado por Andra Day, vencedora do “American Idol” - Fantasia, e pela cantora gospel Yolanda Adams, com vocais reais e uma reverência notável.

 

Nx5J1l5.gif

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

JENNIFER MERDAAAAAAAAAAA

 

 

 

o grammy deveria ter botado a janet pra homenagear a motown, alem de entregar uma otima performance, a familia dela foi peça chave na historia da gravadora

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
Entre para seguir isso  

Publicidade

FACEBOOK

×