Ir para conteúdo

Entre para seguir isso  
lucas_sarkisian

Confira a primeira review do novo álbum da Cher "we're all in for a surprise with what might be Cher's biggest album in decades..."

25 posts neste tópico

Posts Recomendados

ATTITUDE UK - CHER 'DANCING QUEEN': UMA REVIEW TRACK-BY-TRACK
A deusa pop serve um álbum celestial.

Escrito por: Darren Scott

 

É final de agosto e Attitude voou para Los Angeles para ouvir pela primeira vez o álbum de covers do ABBA da Cher, Dancing Queen. Bem, claro, ela nos convidou primeiro.

 

Sentado em uma suíte de hotel muito grande, há um CD - old school - marcado "Escrituras do Evangelho de São Lucas Pt 17 de 40", presumivelmente em caso de pirataria. Afinal de contas, o mundo está esperando para morder a mão cheias de joia que esteve alimentando as músicas do ABBA até agora. Nós temos uma prévia do encarte - o álbum é dedicado à mãe dela, uma fã do supergrupo sueco.

Mas quem não é fã do ABBA? O que torna isso uma experiência estranha - não estamos ouvindo uma coleção de novos bangers com vocoder, esses são clássicos que já conhecemos intimamente. De fato, torna-se uma experiência ainda mais estranha quando, às vezes, Cher muda a ênfase em uma palavra ou entrega de um verso.

 

E qual a expectativa, por ser Cher, será um álbum de remixes dance? Bem, acontece que estamos todos em surpresa com o que pode ser o maior álbum da Cher em décadas...

cher.jpg

 

1) Dancing Queen

 

Imediatamente é Cher, com aqueles vocais reconhecíveis. Ela brinca com uma pitada de sussurro no inicio, colocando a ênfase em palavras diferentes daquelas com as quais você estará acostumado - as músicas sendo tão universalmente reconhecíveis como são.

"leave'em dancing and turn'em on"dá um novo rumo, com lacunas para aprender em novos lugares. Mas confie em nós, não demorou muito para chegar ao caminho da Cher.

 

É como você esperaria - afinal, você não mexe com o ABBA. Então esta nova versão de 'Dancing Queen' vem com talvez apenas um pouquinho de uma batida extra de dança, com música de fundo mais funk. Desvanece-se em um prolongado "queeeeen", como muitos de nós fizemos de uma noite.

 

2) GIMME! GIMME! GIMME! (A Man After Midnight)

 

Todos vocês já ouviram. Hell, a partir de agora é a sua religião escolhida. Vocoder, dance beats, batidas de mãos e * aquele * subsequente mash-up que você pode (ou não pode, tecnicamente) ler em nossa entrevista na nova edição. Nós mencionamos que está disponível agora? Isso é tudo o que você esperaria de misturar Cher com o ABBA e está em um nível "lá em cima" como o álbum é. Foi o que Cher nos disse, de qualquer forma.

 

3) The Name of The Game

 

Isso começa bastante funky, com seus vocais de abertura bastante suave - quase ao ponto de você não reconhecer a distinta voz da Cher. Soa muito anos 70 - muito, bem, ABBA.

 

Mais uma vez, é muito fiel, com aquele ligeiro toque funk extra, com vocais lindos que a própria Cher diz que ela lutou porque eles não estão no seu alcance familiar. A música, no entanto, é como receber um velho amigo... Vale a pena notar que Cher, aos 72 anos, não está apenas atingindo as notas que Frida e Agnetha estavam fazendo quando eram significativamente mais novas, ela também está cantando ambas as partes. Porque ela é CHER e ela pode muito bem.

 

4) SOS

O buzz single, "what ever happened to our love!" ela brada. Mais uma vez, estamos de volta a um pouco mais de BPM do que a versão original, e há um retorno para o vocoder, embora seja bem sutilmente. Há aquela pausa e depois o sincero: "What ever happened to our love, it used to be so good..." Assombrando, com ecos assustadores e pianos distantes.

 

5) Mamma Mia

 

Este novamente possue vocais mais suaves do que você poderia esperar da potência Cher, mas com muitas guitarras. A mudança de ritmo é sempre bastante sutil aqui - não espere que o alarme toque por um tempo ainda. Mais uma vez, o vocoder faz uma breve aparição na linha: "there's something broken hearted, blue since the day we parted..." É neste momento que finalmente queremos sucumbir, gritar e começar a dançar.

 

 

6) Waterloo

 

Essa quase parece uma versão de electro rock. Diversão! Diversão! Diversão!. Mais uma vez, a mudança de ritmo é sempre bem leve. E ela está claramente se divertindo.

 

Enquanto isso, perdemos completamente a trama até esse ponto. A CHER está fazendo ABBA !!

 

7) Chiquita

 

Essa é linda. Os vocais são uma alegria, acompanhados por uma guitarra suave. Ela constrói a partir do segundo verso para um refrão ligeiramente reggae-tingido. Bem, é definitivamente mais dançante que a original. Mas então, quando tudo é alegre e divertido, a música no final é assombrosamente bela.

 

8) Fernando

Um dos destaques do "Mamma Mia! Here We Go Again" e onde toda essa loucura fabulosa começou. Quem sabia que estaríamos vendo um álbum de covers e uma turnê? Obviamente, esta é uma versão solo, não aquela no álbum da trilha sonora.

 

9) The Winner Takes it All

 

Afrouxe essas perucas, senhoras e senhores e cavalheiros extravagantes e outros que possam estar em posição de ter uma roubada. É isso. Começa bastante synthy - e realmente bastante em passos, um pouco etéreo. Ouvir Cher cantar aquelas linhas de abertura tão lindamente enquanto a música constrói e o deixa pronto por um momento que você sabe que virá. A batida entra em ação, com aquela melancólica música de fundo e você sabe que não consegue ouvir tão alto assim, nunca. Calafrios percorrem sua espinha. Esse alarme que mencionamos anteriormente deve começar a enlouquecer agora. Ela profere a frase, com uma pausa: "But you see..." E então ele entra em ação, nada mais importa, há vocoder e basicamente, precisa existir uma versão estendida para entrar em ação a partir deste ponto e duplicar a obra-prima em comprimento. Absolutamente brilhante.

 

A mãe da Cher também ama essa, então ela entende claramente.

 

10) One of Us

 

A imagem pode conter: Niurgustan Novopriezzhii, sorrindo

 

No momento em que esta review sair, é muito possível que essa tenha sido lançado como mais um single (ou seja lá o que estamos chamando hoje em dia).


É teatral, assombroso (sim, é uma palavra que continuamos voltando para este álbum) e um clássico de cinema old school. Despojado, não há nada

para começar, então você percebe que não vai ser um banger, mas uma música de tocha. Mais uma vez um favorito da mãe da Cher - em um tweet para nós após a nossa entrevista, ela disse que sua mãe chorou quando ouviu as duas últimas faixas do álbum. Os vocais da Cher são impressionantes - é difícil acreditar que esta foi sua primeira música no projeto Dancing Queen e ela não estava feliz com essa (mais uma vez, veja nossa edição de outubro para a entrevista completa...)
É uma tomada de tirar o fôlego de um clássico, a música acaba se desvanecendo como um sonho perdido e deixando você em suas trilhas. O que fazer agora? Bem, aperte o play novamente, obviamente...

 

Classificação: 5/5

Cher-Dancing-Queen-Album-Cover-.jpg
Dancing Queen será lançado em 28 de setembro, que agora será feriado nacional.

  • Amei 1
  • AAAAAA 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, pedroph disse:

A imagem pode conter: 1 pessoaA imagem pode conter: 1 pessoa

CTRZ q vai ter crítica negativa tb pq sempre tem aqueles crpiticos chatos só pq é cover... oq importa é q vai ser HINO como smp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Pedro Labre disse:

É tudo cover? zero inedita? ffX7bE8.gif

é tudo covers do ABBA... mas tá vindo um single inédito com o Clean Bandit tb depois do álbum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, pedroph disse:

é tudo covers do ABBA... mas tá vindo um single inédito com o Clean Bandit tb depois do álbum

 

morto, vem nova Believe ffX7bE8.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

Publicidade

FACEBOOK

×