Ir para conteúdo

artn

TS7 (Filtro)
  • Total de itens

    8.039
  • Registro em

  • Última visita

1 Seguidor

Sobre artn

Suas Informações

  • Localização
    Reputation Island

Últimos Visitantes

2.231 visualizações
  1. gente, por mais que forcem a única coisa Katy nesse clipe é ser colorido a Katy é criticada pq ela faz isso a vida inteira e não muda o disco se achando engraçada mesmo onde não cabe... a Taylor fez UM single açucarado com um propósito específico que ela mesma compôs e se encaixa exatamente no momento atual da vida dela voltem na doceria ao lado
  2. a música pode soar genérica pelo instrumental explosivo, mas por outro lado é tão autêntica que é quase uma paródia dela mesma me tranquiliza saber que ela sabe o que faz, não é como se fosse uma katy perry que faz isso somente por fazer
  3. aquela personagem matou a old taylor pra resolver o que tinha que resolver e agora foi embora (a cobra virando borboletas)
  4. o reputation foi uma era extremamente necessária, mas era óbvio que ali ela precisou vestir um personagem pra resolver umas pendências e só ela retomou a narrativa de onde parou antes dele e literalmente chegou e cuspiu na cara de todo mundo que isso é ela (ME! com exclamação)
  5. Depois umas ouvidas desde ontem, acho que consegui formar uma opinião melhor na cabeça Tomo meu local de fala de quem acompanha essa mulher há 10 anos pra dizer que pela primeira vez foi um 1st que não curti, mesmo entendendo os motivos que levaram ela a lançar esse single, talvez por ter imaginado algo diferente eu achei muito comfort zone e não esperava que ela chegasse aos 30 ainda com um bubblegum Ainda assim meu desgosto não é a temática, o clima infantiloide nem nada do tipo que tão reclamando, por isso sei que vai crescer em mim, pq pra mim isso soa mais como uma Shake it Off teatral ela zomba de si mesma, do fato de estar chegando aos 30, de estar apaixonada e ser conhecida por idealizar romance de conto de fadas explodindo açúcar, da era reputation que foi acusada de forçar uma personalidade que não era ela e também das paradas atualmente não terem nada disso (ela foi chamar uma banda da adolescência dela do fundo do baú pra reforçar o fator nostalgia) até a letra fácil me parece extremamente calculada, a parte de Hey Kids propositalmente reforçando o clima infantil, o clipe explodindo açúcar depois de uma era toda preto e branco, a rima ME com ME e YOU com YOU, ter chamado o Brendon teatral pra encenar um musical com Cats às portas.... achar que tudo isso é simplesmente "pra limpar imagem" é ser bem inocente
  6. o grammy vem galera dixie chicks no album aaa
  7. O replay value dessa música é do capeta Gostando ou não vc nem percebe que acabou e quando se dá conta já tá na terceira ouvida Hitmaker profissional
  8. Deve anunciar o cd daqui a pouco no GMA, o que achei preguiçoso KD meu chat com tudo explicadinho como a verdadeira old Taylor
  9. 25 milhões em 6 horas Em 6 horas o BTS tava com 24 milhões meu pai 
  10. pra mim o conjunto música + clipe tá soando tão ela que chega a beirar uma paródia dela mesma é como se a egocêntrica do Reputation tivesse acordado dentro do 1989 Pra mim tudo aí foi proposital, até a infantilização na bridge
  11. No final das contas se for catar todas as referências e detalhes tanto na música como no clipe esse single acaba sendo bem mais que um pop despretensioso, arrisco dizer que é um deboche tanto quanto Look só que de si mesma, porém mais mascarado e com outro objetivo
  12. Aparentemente é o gatinho que ela ganha dele, o segredo é que adotou um terceiro gato
  13. Ouvindo mais vezes só a música e tendo outras interpretações de como tudo aí tá extremamente calculado pra arrancar exatamente os tipos de reações que tá arrancando do pessoal Amanhã cedo comento pq já enrolei demais pra dormir 
  14. Agora me pergunto do que adiantou ter chutado o Max Martin pq essa música é a cara dele Espero pelo menos que esse contato com Joel traga a nova Ribs 

Publicidade

FACEBOOK

×