Ir para conteúdo

Andrx

Moderador
  • Total de itens

    40.594
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Andrx

Preferências

  • Ouvindo
    Bebe Rexha

Últimos Visitantes

33.588 visualizações
  1. Pra quem não entrava nem no top 1500, já tá no lucro
  2. A “snapchatização” da vida é real. Seguindo o modelo de negócios do Facebook para todas as suas plataformas, o Twitter planeja introduzir nos próximos meses uma ferramenta de câmera de fácil acesso que permitirá ao usuário postar fotos, vídeos e transmissões ao vivo antes de compartilhá-las na timeline – o que é uma medida um tanto curiosa se pensar que o microblog já há tempos conta com um acessório de câmera e lives entre suas opções de tweet. De acordo com o TechCrunch, a nova ferramenta da rede social será chamada de “News Camera” e será introduzida a princípio como um meio para potencializar o viés jornalístico da plataforma, onde todo e qualquer usuário pode reportar os eventos em seu perfil. Não deixa de ser uma tentativa honesta de trazer algum tipo de conteúdo original ao site, entrando em concorrência direta com rivais como o Instagram e o próprio Snapchat depois de divulgado que seu número diário de usuários ativos não é tão grande quanto destas redes. De acordo com relatos do usuário Matt Navarra, que já teve acesso à “News Camera”, a nova seção poderá ser acessada deslizando o dedo para a esquerda e permitirá entre outras coisas escolher entre seis fundos coloridos para a parte de texto e adicionar uma localização. Questionado pelo TechCrunch, o Twitter confirmou o desenvolvimento da ferramenta mas declarou que ela ainda está em estágios iniciais de concepção e que portanto não possui uma previsão de lançamento oficial. https://www.b9.com.br/103788/ate-o-twitter-tera-um-stories-pra-chamar-de-seu/
  3. Depois de receber imagens com falas de participantes do "BBB 19", investigados preliminarmente por intolerância religiosa, o delegado da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, Gilbert Stivanello, afirmou que considera entrar na casa para interrogatório. — Após ver as imagens com cuidado, se eu tiver alguma dúvida se uma determinada fala foi proferida em tom de opinião ou deboche, posso solicitar o interrogatório. Uma coisa é falar que tem medo de determinada religião, que é uma opinião pessoal, outra é debochar — pondera o delegado. Noitificada, a TV Globo enviou os vídeos solicitados para serem analisados, como adiantou com exclusividade o EXTRA, no início da tarde de quinta-feira (14). À noite, durante o programa ao vivo, Tiago Leifert confirmou a informação. — O programa ainda vai demorar a terminar, e a delegacia não pode ficar dois meses parada em função da programação. Se a emissora puder nos receber, ótimo. Do contrário, a pessoa tem que atender a justiça e isso poderia provocar a expulsão — antecipa Gilbert Stivanello, que não informou o nome do único investigado, apesar de Paula e Maycon serem os confiandos que mais falam criticamente sobre religiões de matriz africana. A investigação preliminar na Decradi começou após Paula e Maycon a criticar religiões de matriz africana, que Rodrigo e Gabriela se identificam. Além do procedimento policial, o vereador e ex-secretário estadual de Direitos Humanos, Átila Alexandre Nunes (MDB), notificou a distrital reforçando a necessidade do inquérito para investigar o caso. — Se a Decradi não tomar providências, vamos fazer uma representação direta ao Ministério Público — adianta o vereador, reconhecido militante pela tolerância religiosa. O vereador faz uma ponderação e afirma que, assim como os participantes do "BBB 19", muitas pessoas não se dão conta da gravidade do que estão falando. Mas, de qualquer maneira, ressalta ele, é preciso esses atos tenham consequências legais. — Pode ser um simples comentário, mas que perpetua o preconceito. É importante reforçar o papel institucional da Decradi, mas vamos acompanhar o caso. Se começar a denunciar, as pessoas vão praticar menos crimes como esse. Para o professor de Filosofia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e pastor presbiteriano, Alexandre Marques, os comentários podem ser considerados discriminatórios. — Qual o significado de Jesus numa fala dessas? Com certeza não é o Jesus bíblico. Não é necessário criar concorrência e muito menos criar demonizações para enaltecer Jesus — afirma o professor e religioso ao O GLOBO, que acrescenta: — São frases racistas. Se eles fossem brancos, de olho claro e adeptos do budismo, que também invoca antepassados, duvido que tivessem feito essa relação. Rodrigo França, segundo parentes, é budista, mas foi criado em uma família iniciada no candomblé, e costuma explicar a religião de matriz africana a outros participantes. Para o babalaô Ivanir do Santos, esse tipo de episódio não pode ser deixado de lado. — O fato de estarem participando de um reality show não os isenta de responder por falas racistas. Cabe ao Ministério Público abrir uma ação civil de forma imediata. Tem uma particularidade no Brasil de as pessoas acharem que racismo é brincadeira. Mas não é. É ofensa — critica ele, também em entrevista ao O GLOBO. Para Sonia Maria Giscomini, professora de Sociologia do Instituto Universitário de Pesquisas do RJ, o preconceito com religiões de matriz africana é histórico: — Isso se deve ao fato de serem religiões ligadas originalmente aos subordinados, aos pobres, aos destituídos de poder. Esse episódio do programa reflete algo que está fora dele. Procurada, a TV Globo ainda não se manifestou. https://extra.globo.com/tv-e-lazer/bbb/delegado-considera-entrar-no-bbb-19-para-interrogatorio-sobre-intolerancia-religiosa-23454098.html?versao=amp&__twitter_impression=true
  4. Andrx

    MÚSICA Avril Lavigne - Head Above Water (Unreleaseds)

    In Touch muito boa aaa
  5. Andrx

    1ST Bebe Rexha - Last Hurrah

    Lenda compositora
  6. Andrx

    1ST Bebe Rexha - Last Hurrah

    Achei a cara das músicas do IDWGU. E você, @AtlanticRecords?
  7. Andrx

    VÍDEO Zedd & Katy Perry - 365

    O clipe ficou ótimo
  8. Um relatório da New York Times descreve acusações de abuso sexual e emocional de várias mulheres. Advogado de Adams chama isso de "reclamar de indivíduos insatisfeitos". Ryan Adams foi acusado de abuso - variando de manipulação emocional a má conduta sexual - por várias mulheres, como relata a The New York Times. A Times publica, com base em entrevistas com várias pessoas, incluindo Phoebe Bridgers, a ex-mulher de Adams, Mandy Moore, a cantora e compositora Courtney Jaye e outras mulheres, todas as quais relataram suas experiências com Adams. Há também uma entrevista com uma mulher chamada Ava, que afirma ter 14 anos quando começou a conversar com Adams, construindo um relacionamento online que acabou levando a conversas sexuais e pelo menos uma ocasião em que Adams se expôs a ela pelo Skype. De acordo com o relatório, Adams "categoricamente negou as 'acusações extremamente sérias e estranhas' dos relatórios da Times". Em tempo, desde que o relatório foi publicado, Adams foi ao Twitter para tratar das alegações: De acordo com textos revisados pela Times, Adams questionou Ava (agora com 20 anos de idade) sobre sua idade repetidamente ao se corresponder com ela on-line; ela nem sempre respondeu honestamente, e suas conversas sexuais continuaram. Ele supostamente pediu-lhe fotografias de si mesma e supostamente dava "nomes de animais" para suas partes do corpo. Em uma mensagem de texto de quase o final de 2014, Adams supostamente pareceu reconhecer a situação: "Se as pessoas soubessem, diriam que eu era igual ao R Kelly.", ele supostamente mandou uma mensagem para ela. Ava e Adams nunca se encontraram pessoalmente, de acordo com o Times.
  9. Andrx

    1ST Bebe Rexha - Last Hurrah

    Puts...

Publicidade

FACEBOOK

×