Ir para conteúdo

Maarcelo

Membros
  • Total de itens

    27.273
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Maarcelo

  • Data de Nascimento 19/03/1997

Suas Informações

  • Localização
    RJ

Preferências

  • Ouvindo
    5 Seconds of Summer - Amnesia

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Early predictions 1 Old Town Road 557 (=) 2 Bad Guy 510 (=) 3 I Don’t Care 317 (+3) 4 Senorita 309 (+1) 5 Talk 305 (-1) 6 Truth Hurts 267 (+1) 7 Goodbyes 245 (-4) 8 No Guidance 226 (+3) 9 Sucker 225 (-1) 10 Sunflower 218 (-1) 13 If I Can’t Have You 193 (+1) 15 You Need To Calm Down 176 (+1) 18 Dancing With A Stranger 168 (-3) 20 Antisocial 154 (debut) 23 Beautiful People 143 (+17) 26 7 Rings 136 (-2) 32 Cross Me 127 (+9) 35 Panini 122 (-8) 36 Never Really Over 121 (-5) 51 Remember The Name 100 (debut) 53 My Type 99 (+14) 60 Me! 95 (-8) 89 Spirit 65 (debut)
  2. Early predictions 1 Old Town Road 687 (=) 2 Talk 309 (+1) 3 Bad Guy 303 (-1) 4 You Need To Calm Down 275 (debut) 5 I Don’t Care 272 (=) 6 Sucker 261 (-2) 7 Money In The Grave 241 (debut) 8 Wow 227 (-2) 9 Suge 217 (-1) 10 Sunflower 212 (-3) 11 No Guidance 210 (-2) 12 If I Can’t Have You 189 (=) 13 Dancing With A Stranger 187 (-3) 14 Pop Out 187 (-3) 15 Me! 187 (-1) 16 Without Me 169 (-1) 17 Sweet But Psycho 166 (-4) 18 Truth Hurts 161 (-1) 19 7 Rings 160 (-3) 20 Happier 154 (-2) 25 Act Up 138 (+1) 26 Never Really Over 138 (+2) 31 Con Calma 128 (-8) 34 Omerta 125 (debut) 38 Shallow 121 (-4) 45 When The Party’s Over 112 (-3) 50 Press 99 (-3)
  3. Early predictions 1 Old Town Road 778 (=) 2 Bad Guy 289 (=) 3 Talk 265 (=) 4 I Don’t Care 252 (=) 5 Sucker 238 (=) 6 Wow 236 (+1) 7 Sunflower 230 (-1) 8 Suge 227 (+1) 9 Dancing With A Stranger 215 (-1) 10 Sweet But Psycho 203 (=) 11 Me! 203 (=) 12 Never Really Over 172 (debut) 13 Without Me 168 (=) 14 If I Can’t Have You 168 (+1) 15 7 Rings 168 (-1) 21 Truth Hurts 145 (+5) 22 Con Calma 144 (=) 26 Press 141 (debut) 39 Nightmare 119 (-10) 48 Cross Me 101 (-14) 62 Mother’s Daughter 87 (debut) 64 Before I Let Go 85 (+5) 95 Call You Mine 59 (debut)
  4. Após a realização de casamento luxuoso, Carlinhos Maia escreveu mensagem direcionada ao marido, Lucas Guimarães, através de post publicado no Instagram, hoje à noite. "Eu te amo. Agora se lascou: vai ter que me aturar pro resto da vida", disse o youtuber em sua primeira mensagem após a cerimônia. Carlinhos Maia e Lucas Guimarães se casaram na tarde hoje em Piranhas, no interior de Alagoas. Mais de 950 mil pessoas acompanharam a cerimônia pelo Instagram. O casamento para 550 convidados foi decorado com 6.000 girassóis. Um deck à beira do rio São Francisco foi arrumado com um altar para a cerimônia. Três caminhões com as comidinhas do buffet chegaram na tarde de hoje ao restaurante onde a festa vai acontecer. A decoração do lugar também contou com outras flores amarelas e lustres de cristais Baccarat. Quem anima a pista de dança são o DJ Alok, o cantor Wesley Safadão e a banda Calcinha Preta. A cerimonialista sergipana Aninha Souza revelou em abril ao Blog do Leo Dias que o casamento foi avaliado em R$ 1 milhão. https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2019/05/21/agora-tera-de-me-aturar-para-resto-da-vida-diz-carlinhos-maia-a-marido.htm
  5. "Agora já chega" de homofobia no futebol, pediu o atacante da seleção francesa Antoine Griezmann, em entrevista à revista de seu país Têtu, que será publicada nesta quarta-feira (22). "A homofobia não é uma opinião, é um crime. E, agora, se um jogador disser palavras homofóbicas no campo de jogo, acho que eu pararia a partida. Isso precisa mudar", afirmou o jogador em longa entrevista ao veículo que se define como "a revista dos gays e das lésbicas". "É verdade que os estádios não são lugares muito acolhedores para os homossexuais. Há alguns cantos homofóbicos... Nesses tempos, isso é inaceitável. Acabamos todos pagando por esta agressividade", completou o jogador de 28 anos. "Se um jogador gay deseja anunciar que é homossexual, talvez não terá todos os jogadores da seleção francesa a seu lado, mas eu estarei", garantiu. "Os dirigentes dos clubes, da federação francesa de futebol e da liga também devem levar esse tema a sério. O futebol é um esporte bonito. Não pode ter essa imagem homofóbica. Mas é mais profundo do que isso. Há algumas semanas me tornei pai pela segunda vez. Cabe a nós, os pais, educar nossos filhos para que cresçam em um mundo menos homofóbico e menos sexista", analisou o atacante do Atlético de Madrid. Griezmann também falou de pessoas próximas, de seu círculo de amizade, que "são homossexuais ou lésbicas, começando por meu cozinheiro. Conversamos frequentemente sobre ele, seus amores, sua vida. É um tema banal lá em casa. Ele é como eu, não importa o que os outros pensem". O atleta afirmou ter consciência de que tem fãs gays, "e isso é fantástico. Quanto mais fãs tenha, mais feliz estou. Me sinto totalmente cômodo com esta ideia", respondeu. Não é a primeira vez que o jogador critica abertamente a homofobia. Seu companheiro de seleção francesa, o meia Paul Pogba, também já tomou a palavra em público para pedir respeito pelos homossexuais no futebol. https://www.destakjornal.com.br/cidades/brasilia/detalhe/chega-de-homofobia-no-futebol-pede-antoine-griezmann
  6. O presidente Jair Bolsonaro decidiu condecorar novamente seus filhos Flávio e Eduardo Bolsonaro. Desta vez os dois serão agraciados com a medalha da Ordem do Mérito Naval, da Marinha. Há menos de um mês, ambos já haviam recebido a Ordem Nacional de Rio Branco, a mais alta condecoração do Itamaraty. A informação foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (21). Além de Flávio (senador pelo PSL) e Eduardo (deputado pelo mesmo partido), receberão a condecoração 14 ministros, 7 governadores, outros 14 deputados e mais 2 senadores, além de outras personalidades, totalizando 52 nomes. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Thompson Flores, e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, também serão agraciados. A comenda da Ordem do Mérito Naval é tradicionalmente entregue em 11 de junho, data comemorativa da Batalha de Naval do Riachuelo, data Magna da Marinha. Eduardo Bolsonaro, 34, está no segundo mandato de deputado federal por São Paulo. Antes de assumir o Senado, Flávio, 38, foi deputado estadual no Rio. Neste mês, o senador teve a quebra de seu sigilo fiscal autorizado pela Justiça, no âmbito da investigação de movimentações financeiras suspeitas seu ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz. Veja os ministros, governadores e parlamentares agraciados pela Ordem do Mérito Naval - grande oficial: Ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) Sergio Moro (Justiça) Paulo Guedes (Economia) Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) Tereza Cristina (Agricultura) Osmar Terra (Cidadania) Luiz Mandetta (Saúde) Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) Ricardo Salles (Meio Ambiente) Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União) Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) André Luiz Mendonça (advogado-geral da União) Roberto Campos Neto (Banco Central) Governadores Carlos Moisés (PSL-SC) Ratinho Júnior (PSD-PR) Eduardo Leite (PSDB-RS) Mauro Mendes (DEM-MT) Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) Romeu Zema (Novo-MG) Wilson Witzel (PSC-RJ) Senadores Flávio Bolsonaro (PSL) Lasier Martins (Pode) Zenaide Maia (Pros) Deputados André Figueiredo (PDT) Augusto Coutinho (Solidariedade) Beto Rosado (PP) Celso Sabino (PSDB) Domingos Neto (PSD) Eduardo Barbosa (PSDB) Eduardo Bolsonaro (PSL) General Girão (PSL) JHC (João Henrique Holanda Caldas) (PSB) Joice Hasselmann (PSL) José Rocha (PR) Lincoln Portela (PR) Mariana Carvalho (PSDB) Vinicius Carvalho (PRB) Major Vitor Hugo (PSL) https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/05/21/bolsonaro-vai-condecorar-de-novo-os-filhos-flavio-e-eduardo.htm
  7. Após reunião da bancada, o PSL, partido do presidente , liberou seus filiados a participar das manifestações de ruas convocadas para o próximo domingo, 26. A legenda, porém, evita apoio institucional ao evento. “É um movimento espontâneo, nascido das ruas e todos estão liberados a participar”, disse o presidente do PSL, Luciano Bivar. Mais cedo, Bivar havia se manifestado contrário às manifestações. “Nós fomos eleitos democraticamente, institucionalmente. Não há crise ética, não há crise moral, estão se resolvendo os problemas das reformas, então eu vejo sem sentido essa manifestação, mas toda manifestação é válida, é um soluço do povo para expressar o que ele está achando”, disse. A mudança de posicionamento ocorreu após ter sido convencido pela ala da bancada interessada em apoiar as manifestações. Uma das defensoras dos protestos, a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) diz esperar mais de 500.000 manifestantes na Avenida Paulista, em São Paulo. Já o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), diz ter recebido sinalizações de mais de cem cidades paulistas interessadas em participar do evento. O próprio presidente afirmou a aliados, nesta terça-feira, 21, que não vai comparecer às manifestações em apoio ao seu mandato. Indagado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, se os ministros poderiam participar do evento, o presidente teria respondido que seria melhor o governo não se envolver sob a justificativa de demonstrar “respeito pelo cargo e por suas responsabilidades”. Líderes de governo na Câmara e no Congresso, os deputados Major Vitor Hugo (PSL-GO) e Joice Hasselmann (PSL-SP), respectivamente não participaram da reunião de bancada. Também não compareceram o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ou seu irmão, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Há atos previstos em pelo menos 60 cidades, em todas as capitais e no Distrito Federal. Ainda que o objetivo central seja o apoio às pautas do Planalto como a Previdência, o pacote anticrime do ministro Sergio Moro e a Medida Provisória 870 – que reorganiza a estrutura do governo e está sob ameaça -, alguns grupos defendem do enfrentamento ao Centrão à criação da CPI da Lava Toga, além do impeachment de ministros do Supremo como Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Gilmar Mendes. Levantamento da reportagem nas redes sociais dos 54 deputados do PSL identificou que pelo menos 19 fizeram convocações. Outros parlamentares destacaram nas redes a importância das pautas do governo no Congresso, mas não falaram explicitamente sobre os atos. https://veja.abril.com.br/politica/psl-libera-participacao-de-bancadas-em-manifestacoes-pro-bolsonaro/
  8. O ator Lino Schmidek Facioli, mais conhecido por viver Robin Arryn em "Game of Thrones", não prestigiou sua participação no episódio final da série. Motivo: ele simplesmente esqueceu e foi dormir. Em entrevista ao TMZ, o ator que nasceu no Brasil e se mudou para a Inglaterra aos quatro anos contou que ficou surpreso ao acordar e ver os elogios pela série. "Foi insano. Eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo." "Sabe quando as pessoas dizem que foi uma coisa do dia para a noite? No dia seguinte, meu celular não parava de tocar.", completou o ator que conseguiu 40 mil seguidores em poucas horas. No episódio final, Robin é o lorde do Vale, e discute o futuro dos reinos. Bran foi o escolhido para comandar seis reinos, já que o Norte ficou sob liderança de Sansa, de forma independente. Lino chocou os fãs da saga por aparecer tão diferente na televisão. Sua última participação como Robin tinha sido em 2016, quando tinha apenas 16 anos. Logo em sua estreia em "Game of Thrones", Lino participou de uma polêmica cena em que Robin Arryn, já crescido, é amamentado pela mãe Lysa, interpretada pela atriz Katie Dickie. Quando perguntando pelo TMZ se faria um comercial para uma marca de leite, o ator teve jogo de cintura. "Não, na verdade, estou pensando mais em abrir minha própria marca, pode fazer um sucesso". https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/05/21/got-ator-brasileiro-que-voltou-para-a-serie-esqueceu-de-ver-o-episodio-final.htm
  9. Maarcelo

    Little Mix - TBA

  10. A deputada Alê Silva, do PSL de Minas Gerais, pediu que a Câmara faça uma varredura em seu gabinete. No mês passado, ela afirmou à Polícia Federal que foi ameaçada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, seu colega de partido e estado. Ela também enviou ofício à Procuradoria da Casa para que notifique responsáveis por supostas mensagens de fake news contra ela, após suas declarações contra Álvaro. Uma das páginas citadas se apresenta como perfil oficial da juventude do PSL de Minas Gerais. Segundo um auxiliar de Silva, sua residência em Brasília passou a ter rondas noturnas da Polícia Legislativa, e o governo mineiro aumentará a segurança dela nos deslocamentos para o aeroporto de Belo Horizonte. https://epoca.globo.com/guilherme-amado/deputada-que-se-disse-ameacada-por-ministro-pede-varredura-em-gabinete-23682172
  11. Na escalada da crise que levou à demissão do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, o presidente Jair Bolsonaro cobrou fortemente o então subordinado por ter marcado uma reunião no Palácio do Planalto com Paulo Tonet Camargo, vice-presidente institucional do Grupo Globo, no dia 12 de fevereiro. Em áudios de WhatsApp revelados por VEJA, Bolsonaro disse a Bebianno, antes do encontro, que ele levaria o “inimigo para dentro de casa” e que as outras emissoras poderiam entender a agenda como uma aproximação do governo com a Globo. “Cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final”, exigiu Bolsonaro – ignorando que, dias antes, os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, já haviam recebido o executivo no Planalto. Gustavo Bebianno obedeceu e não se reuniu com Tonet. Pois nesta terça-feira, 21, Bolsonaro se reuniu justamente… com Paulo Tonet Camargo na sede do governo (veja aqui o compromisso, marcado na agenda oficial do presidente). Do encontro, que durou das 16h às 16h30, também participaram o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o empresário Vicente Jorge Rodrigues. Relembre o áudio enviado por Jair Bolsonaro a Gustavo Bebianno: “Gustavo, o que eu acho desse cara da Globo dentro do Palácio do Planalto: eu não quero ele aí dentro. Qual a mensagem que vai dar para as outras emissoras? Que nós estamos se aproximando da Globo. Então não dá para ter esse tipo de relacionamento. Agora… Inimigo passivo, sim. Agora… Trazer o inimigo para dentro de casa é outra história. Pô, cê tem que ter essa visão, pelo amor de Deus, cara. Fica complicado a gente ter um relacionamento legal dessa forma porque cê tá trazendo o maior cara que me ferrou – antes, durante, agora e após a campanha – para dentro de casa. Me desculpa. Como presidente da República: cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final. Um abraço aí.” https://veja.abril.com.br/blog/maquiavel/bolsonaro-se-reune-com-executivo-da-globo-que-ja-chamou-de-inimigo/
  12. Pokémon: Detetive Pikachu estreou nessa semana, e já vem conquistando o coração dos fãs. Jigglypuff, um dos monstrinhos mais fofos, aparece cantando em um karaoke, em uma das cenas mais interessantes do longa. E se depender do roteirista do longa, Jiglypuff deveria ganhar um filme solo. “Estou interessado na carreira musical da Jigglypuff. O problema é que ela faz todo mundo dormir. Nós amamos Jiglypuff. Eu amo esse Pokémon cuja natureza é realmente querer algo que nunca pode conseguir. Acho que o filme poderia se chamar Jiglypuff: Nasce Uma Estrela”, afirmou Dan Fernandez, em entrevista ao site Screen Rant. https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/filmes/2019/05/roteirista-de-detetive-pikachu-quer-filme-ao-estilo-de-nasce-uma-estrela-com-jigglypuff
  13. Chandelier - 37 weeks Havana - 31 weeks Shallow - 29 weeks Royals - 29 weeks New Rules - 28 weeks Lembrando que o smash ainda se mantém em #16 na plataforma:
  14. Vídeos mais vistos na última semana no US #9 Ariana Grande - 7 Rings 7.5M #10 Taylor Swift - Me 6.3M

Publicidade

FACEBOOK

×