Ir para conteúdo

Mad Hatter

Membros
  • Total de itens

    2.391
  • Registro em

  • Última visita

Suas Informações

  • Localização
    Campo Grande, MS

Últimos Visitantes

1.182 visualizações
  1. Mad Hatter

    UNIV Marvel — Vingadores: Ultimato (Hoje nos cinemas)

    Sim, eram 10 horas ainda
  2. Mad Hatter

    UNIV Marvel — Vingadores: Ultimato (Hoje nos cinemas)

    O ÔNIBUS PRO SHOPPING TAVA LOTADÍSSIMO BICHO CIDADE INTEIRA INDO VER O EVENTO DO MILÊNIO
  3. Mad Hatter

    UNIV Marvel — Vingadores: Ultimato (Hoje nos cinemas)

    É HOJE CARALHOOOOO
  4. Ícone, morto com os viados surtando no tópico
  5. Morto que Hold up foi a mais huge, amo, um hino desses Vem 100 milhões
  6. Lendária, se já estivesse no Spotify desde o início já teria 1 bilhão
  7. Mad Hatter

    INFERNOOO: Justin Bieber e Ed Sheeran insinuam feat

    Tomara que não Feat de hitmaker com hitmaker não dá certo, end game é um exemplo
  8. Realidade: está sendo reprogramada pelo MK Ultra http://www.bcharts.net/topic/145526-freebritney-britney-spears-foi-internada-à-força-para-o-mkultra/?tab=comments#comment-15060890
  9. FONTE: https://danizudo.blogspot.com/2019/04/freebritney-britney-spears-foi.html?m=1
  10. Desde 2011, temos falado sobre a vida e carreira de Britney Spears em grande detalhe por uma simples razão: ela é um dos exemplos mais óbvios de controle mental na indústria do entretenimento atualmente. E a reviravolta bizarra dos acontecimentos dos últimos meses tende a confirmar esse fato. Movida pelas revelações de uma fonte anônima próxima a Britney e pelo comportamento da mãe dela na mídia social, a campanha #FreeBritney vem ganhando força. A teoria: A cantora está sendo mantida contra sua vontade em uma instalação de "saúde mental" desde o início de janeiro. Será que ela está sendo mantida contra sua vontade para sofrer uma reprogramação MKULTRA? Antes de explorarmos essa questão, veja rapidamente os eventos que definiram a vida de Britney. Escrava MK Não ao contrário de outros escravos da indústria, Britney entrou na indústria ainda criança. Aos 11 anos, ela foi escalada para o "Mickey Mouse Club", um programa de TV popular no Disney Channel. Alguns anos depois, ela embarcou em uma carreira solo de grande sucesso, fazendo dela uma das maiores estrelas do mundo. No entanto, ao contrário de outros escravos da indústria, “falhas” começaram a aparecer em sua programação por volta dos 30 anos. Seu colapso infame de 2007 - onde ela raspou a cabeça e atacou carros com um guarda-chuva - exibia todos os sintomas de um escravo MK tentando se libertar da programação. Britney raspando a cabeça durante o colapso de 2007. Alguns meses depois, Spears foi internada na ala psiquiátrica do Centro Médico Ronald Reagan UCLA e colocada em tratamento psiquiátrico involuntário (Kanye West foi colocado nesse mesmo local contra sua vontade após seu colapso MK em 2016). Desde então, Spears foi forçada a viver sob a tutela de seu pai Jamie Spears, que recebeu total controle sobre sua carreira, finanças e vida pessoal. Em 2012, Britney tentou acabar com a tutela e recuperar o controle de sua vida, mas foi rejeitada pelo tribunal devido a "problemas psicológicos". Fato estranho: as verdadeiras “questões psicológicas” nunca foram divulgadas. Ainda mais estranho, os advogados da tutela pediram ao juiz para selar os registros do tribunal que descrevem sua condição real. De acordo com este artigo de 2012 da TMZ: Os documentos foram arquivados terça-feira no caso da conservadoria, pedindo urgentemente ao juiz para selar certos registros. Nos jornais, os advogados dos conservadores chamaram os registros de “altamente sensíveis”, acrescentando que “danos irreparáveis e perigo imediato” recairiam sobre Britney se os documentos não estivessem lacrados. Múltiplas fontes com conhecimento em primeira mão contam ao TMZ... os registros são documentos médicos descrevendo as condições e o tratamento de Britney. Dizem que a cantora tem um distúrbio que afeta sua personalidade e que pode afetar seu estado de espírito. Dizem que ela está "muito bem", mas precisa da rede de segurança de uma tutela. “Danos irreparáveis e perigo imediato”? Será a misteriosa "condição e tratamento" de Britney alguma coisa relacionada ao MKULTRA? Revelações recentes apontam para essa direção. A Fonte Anônima No início de abril, fontes da mídia anunciaram que Britney Spears “voluntariamente” se internou em uma unidade de saúde mental para “conseguir lidar melhor com os sérios problemas de saúde de seu pai”. Um post na conta de Britney de 3 de abril com a legenda "Todos nós precisamos ter tempo para nós mesmos." Muitos acreditam que ela não postou isso. No entanto, alguns afirmam que isso é uma mentira. Em 16 de abril, o podcast Britney’s Gram lançou um “episódio de emergência” depois de receber “uma denúncia anônima de uma fonte credível”, alegando que Britney estava sendo mantida contra sua vontade em um centro de saúde mental desde 14 de janeiro (você pode ouvi-lo aqui). Depois de explicar que ele é um "advogado que trabalhou na tutela de Britney", ele disse: "O que está acontecendo é perturbador, para dizer o mínimo." O homem não identificado passou a explicar que Jamie Spears descobriu que Britney parou de tomar a medicação. E, quando ela se recusou a tomar qualquer outro tipo de medicamento, Jamie Spears interrompeu a turnê de Britney "Domination", dizendo a ela: "Ponha a culpa em minha doença". De acordo com a fonte, essa série de eventos explica o bizarro post de 4 de janeiro na conta do Instagram de Britney. Postagem de Britney sobre o cancelamento de sua turnê devido ao problema de saúde de seu pai. Ela provavelmente não postou isso. A fonte anônima, em seguida, confirmou que Britney foi colocada numa unidade de saúde mental em meados de janeiro e que não havia previsão para o fim de sua estadia no local. Ele terminou a ligação dizendo que Britney “não queria ir” e que “não era uma decisão que ela tomou”. Enquanto essa fonte anônima foi o suficiente para irritar os fãs de Britney, o comportamento da mãe de Britney na mídia social levou as coisas para outro nível. Mãe de Britney No dia 16 de abril, a mãe de Britney, Lynne Spears, postou uma foto no Instagram com a legenda "This is" Faith! O post foi interpretado por muitos como uma resposta sutil à situação de Britney. Uma foto postada no Instagram pela mãe de Britney Spears. Para piorar, Lynn “curtiu” vários comentários de fãs afirmando que Britney estava sendo mantida contra sua vontade. Aqui estão alguns comentários “curtidos” por Lynne Spears: O comportamento na mídia social de Lynne fez com que #FreeBritney virasse uma tendência nas mídias sociais. A hashtag chegou até a mídia tradicional. Rapper Eve mostrando sua camisa #FreeBritney no programa da CBS "The Talk". Será que as pessoas finalmente estão vendo a verdade sobre Britney? Espero que sim. Aqui estão os principais comentários encontrados no Britney's Gram podcast. The Vigilant Citizen

Publicidade

FACEBOOK

×