Ir para conteúdo

Paquito

Membros
  • Total de itens

    27.227
  • Registro em

  • Última visita

8 Seguidores

Suas Informações

  • Localização
    Mundo X

Últimos Visitantes

4.988 visualizações
  1. @J, vem cá!! Sabe as @ do povo do fixo?? EU SEMPRE AVISEI SOBRE ESSA MOÇA!! SEMPRE AVISEI!! Mas como O TEMPO É REI, né, meu bem!!
  2. O ex-Br'oz Matheus Herriez provou na Justiça sua inocência em caso público de agressão relatado no fim de 2015 por Pâmela Martins, irmã da ex-mulher dele, Li Martins, com quem ele foi casado e manteve um relacionamento por nove anos. A coluna descobriu que ele abriu um processo por calúnia e difamação no início de 2016, após ser exposto pela ex-cunhada que teve suas acusações confirmadas por Li Martins quando ela foi eliminada do reality 'A Fazenda'. O escândalo envolvendo a suposta agressão foi revelado por Pâmela após Li Martins ter se relacionado e feito sexo com o modelo João Paulo Mantovani no confinamento, às vésperas de ser eliminada da competição. Na época, Matheus disse que se pronunciaria em um momento oportuno: quando ele conseguisse provar todas as mentiras contadas. Procurado pela coluna, ele comentou o caso publicamente pela primeira vez. "Quando a Patrícia (ex-nome artístico de Li) me traiu publicamente na Fazenda, a assessoria dela me procurou pedindo que eu falasse na imprensa que o nosso casamento estava em crise e que mantínhamos um relacionamento de fachada. Eu disse que não faria isso, embora eles achassem que eu faria pra não sair como traído. Então eles começaram a me pressionar, foi quando sai do radar de todos, e fiquei em silêncio até agora. Eu até imaginei que eles inventariam alguma traição minha ou algo parecido para desviar o foco da traição dela em rede nacional, mas nunca passou pela minha cabeça que inventariam uma agressão", contou ele com exclusividade à esta colunista. Matheus disse ainda que no momento em que a polêmica veio à tona, sua ex-cunhada morava com ele no apartamento do ex-casal em São Paulo. "A Pâmela veio passar uma temporada com a gente um pouco antes do confinamento, pois estávamos a ajudando a se restabelecer de uma separação. Tanto que ela me acompanhava nos meus shows e nos eventos", revelou. O cantor optou por se manter calado enquanto esteve no 'olho do furacão' e procurou agir legalmente, sem fazer alarde. "Eu juntei todas as provas (documentos e testemunhas) que provassem a minha inocência e que em nenhum momento houve agressão", explicou ele. Na respectiva ação, Li Martins fez um acordo com o Ministério Público e foi beneficiada com a suspensão condicional do processo. Já sua irmã Pâmela foi condenada por calúnia e difamação, tendo chance de recorrer dessa sentença. https://fabiaoliveira.odia.ig.com.br/colunas/fabia-oliveira/2019/09/5684495-ex-broz-matheus-herriez-prova-na-justica-que-nao-houve-agressao-contra-ex-rouge-li-martins.html
  3. Marcelo Cosme - Reprodução da internet Neste fim de semana, Henri Karam, diretor de jornalismo da CNN Brasil, foi visto conversando ao pé do ouvido com o jornalista Marcelo Cosme, da Globonews. Deus nos livre de fofoca, mas os dois estavam na The Last Sunset, uma casa noturna em São Paulo. O que será que eles tanto falavam? https://fabiaoliveira.odia.ig.com.br/colunas/fabia-oliveira/2019/09/5684489-jornalista-da-globo-e-visto-conversando-ao-pe-do-ouvido-com-diretor-da-cnn.html
  4. Phellipe em A Fazenda 11 (Foto: Reprodução/PlayPlus) Em conversa com os peões Viny e Túlio, no sofá da sala do reality A Fazenda, o participante Phellipe Haagensen comentou com os colegas que se Guilherme, que foi indicado pela casa à primeira roça, voltar fazendeiro da berlinda, poderá crescer por ser galã. “Quem assiste é gay e menininha de…você sabe o que tô falando”, disse o ator, que foi interrompido por Túlio. “Adolescente né”, disse o ex-jogador. Os peões palpitaram também que se Drika for a fazendeira, ela deverá indicar para a segunda roça, Andréa. “Drika volta e põe a Andréa, isso na minha cabeça e a Bifão vai ser votada pela casa, mas a Bifão volta forte” arriscou Phellipe, que confessou que gostaria de estar na roça para saber como é. “Fortalece”, respondeu Viny. Phellipe falou também que não se considera mais pertencente a um grupo. “Tô jogando sozinho. Tem gente do grupo que acha que eu sou forte“, disparou o ex-global cantando “A Falsidade…”. Em seguida, o trio falou novamente sobre o retorno de Guilherme como fazendeiro. “Se ele voltar, ele vai ficar chateado com a galera que votou nele”. “Ainda bem que não votei nele”, esclareceu Túlio. Phellipe contou, ainda, que achou um cúmulo Tati abrir mão de $20 mil por Drika. “Quero ver até quando vai durar essa amizade, quando for as três pra roça. Falsidade do caralho”, soltou o cantor na sala, após a chegada de Netto e Lucas ao grupo. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/a-fazenda/2019/09/a-fazenda-11-quem-assiste-e-gay-e-menininha-diz-phellipe-sobre-reality
  5. Ainda não, amiga! To sem forças! Q
  6. @reputada tá pior que eu, desde fevereiro sem entrar aqui.
  7. Divulgação/SBT Há 35 anos, completados em abril, Mara Maravilha era contratada pelo SBT e se tornava a principal arma da emissora para disputar o reinado infantil de Xuxa na Globo e bater a "TV Colosso" na audiência. "Silvio Santos viu um programa que eu fazia na Bahia, o ‘Club do Mickey’. Nos conhecemos pessoalmente quando eu fui cantar no programa ‘Vamos Nessa’, que ele apresentava. O Silvio me contratou. Mandou a secretária ir até a Bahia e resolver os detalhes. Terminei os meus estudos daquele ano e já vim pra São Paulo para participar do ‘Show de Calouros’ como jurada”, conta Mara ao NaTelinha. Nessa época, a baiana tinha 16 anos e passou a ganhar o salário de 800 mil cruzeiros. Confira a imagem da carteira de trabalho da apresentadora na época, com a contratação do SBT, obtida com exclusividade pela reportagem: A estreia de Mara na emissora aconteceu no dia 08 de maio de 1984, no programa "Vamos Nessa", justamente onde Silvio Santos a conheceu pessoalmente. Show Maravilha Em 1987, quase três anos depois, ganhou seu programa solo, o "Show Maravilha". A baiana foi a primeira apresentadora infantil que conseguiu furar a hegemonia do Bozo na grade do SBT. O palhaço chegou a ter 12 horas diárias ao vivo no canal. "Ela conseguiu o que imaginávamos impossível. Dobrou a audiência do programa do Bozo que ocupava o horário do Show (Maravilha)", disse Flávio Carline, diretor do programa na época e ex-produtor do palhaço por cinco anos, em entrevista à revista Domingo em 1987, dois meses depois da estreia. Após ocupar o período da tarde, o "Show Maravilha" foi transferido para a manhã e chegou a bater a "TV Colosso" no Ibope e atingir índices próximos ao "Xou da Xuxa", ambos da Globo. "Chegou a ser líder de audiência", relembra Mara Maravilha, que chegou a ter cinco horas diárias na grade do SBT. À reportagem, a apresentadora conta que neste período já se preocupava com os números do Ibope. "Até hoje me preocupo. A audiência e o comercial vivem juntos, como o coração e a cabeça", pontua. Mesmo tão nova, Mara lembra que sempre ficou à frente de todos os detalhes do programa, e explica: "Bem, a época era outra, hoje as produções são grandes, então fica muito mais tranquilo. Mas a gente dava opinião, sugestão, afinal a vitória é em equipe". https://natelinha.uol.com.br/televisao/2019/05/10/ha-35-anos-mara-chegava-ao-sbt-e-foi-arma-para-bater-xuxa-e-tv-colosso-no-ibope-128413.php
  8. @J, @Ghostfacediva... vocês duas na TV!
  9. Se não é por essa minha viagem anual, você fica sem os seus CIGARROS.
  10. Backstreet Boys - DNA (2019) AA 1.000 AB 2.000

Publicidade

FACEBOOK

×