Fallon

Membros

2 Seguidores

Sobre Fallon

Suas Informações

  • Localização
    Belém/PA

Últimos Visitantes

62 visualizações
  1. Conta pra gente como foi a sua primeira vez!

    Eu, infelizmente, nunca fiz tudo, mas a primeira vez que eu mamei foi no banheiro da escola. Não senti gosto de nada, mas gostava de ver a reação feliz do machinho.
  2. Renato Gaucho amore, ele era um jogador muito popular nos anos 90, parece que posou até nu pra G
  3. 1979 - 1992: Início da Fama, Clube da Criança e Xou da Xuxa Aos dezesseis anos, Xuxa começou sua carreira de modelo e conseguiu um contrato com a Ford Models, dos Estados Unidos. Nessa época, a modelo estrelou o filme "Fuscão Preto" e fez uma pontinha em "Amor Estranho Amor", estrelado por Tarcísio Meira e Vera Fischer. Xuxa também assumiu o romance com o rei do futebol, Pelé. Aos vinte anos, em 1983, a "manequim" foi convidada pra apresentar um programa infantil na TV Manchete, ela relutou, mas aceitou. O "Clube da Criança", tinha um baixíssimo orçamento, deixava Xuxa rodeada de crianças, agoniada a apresentadora soltava pérolas, como "aham senta lá, Cláudia". Para ajudar Xuxa, a diretora do programa, Marlene Mattos, contratou duas assistentes, que passaram a ser chamadas de Paquitas. O "Clube" ia ao ar na faixa vespertina. Em 1985, Xuxa passou a ser assediada pela TV Globo, que via Simony e seu "Balão Mágico" ser #2 contra o "Bozo", do SBT. Após ter seus pedidos de aumento de orçamento negados pela Manchete, Xuxa assina com a Globo, após um longo namoro. As negociações com Xuxa eram tratadas diretamente com o então todo poderoso da emissora, Boni. O programa passou a ser montado rapidamente e todas as exigências de Xuxa eram atendidas, até mesmo a criação de uma nave espacial, desenhada pela própria apresentadora. O "Xou da Xuxa" estreou em 30 de junho de 1986 e rapidamente devolveu o #1 para a Globo. O programa entrou para a história da TV brasileira e Xuxa foi coroada "rainha dos baixinhos". Durante o programa, a apresentadora lançou 7 álbuns e teve vários hits, como "Doce Mel", "Ilariê" e "Lua de Cristal". A atração chegou ao fim em 1992, após um desgaste em seu formato e ao desejo de Xuxa de dedicar-se a sua carreira internacional. Em paralelo ao "Xou", a rainha ainda comandou o "Bobeou Dançou" e "Paradão da Xuxa" que tiveram apenas uma temporada em 1989 e 1992 respectivamente. 1993 - 2002: "Xuxa", "Xuxa Park", "Xuxa Hits" e "Planeta Xuxa" En 1993, após o fim do "Xou da Xuxa", a Globo ofereceu um programa semanal para poder contar com a apresentadora em sua grade de programação. Marlene Mattos, então diretora e empresária de Xuxa, montou um programa para adultos. Na atração, Xuxa era roteirizada por Rosana Hermann, a apresentadora só conseguia ser espontânea em raríssimos momentos. Na estreia, a rainha entrevistou Hebe Camargo, a primeira dama da televisão brasileira. O "Xuxa" não deu certo, o programa não emplacou e acabou sendo cancelado após 5 meses, por conta de um problema na coluna de Xuxa, que também causou a extinção dos programas da Argentina e Estados Unidos. Xuxa fez seu aguardado comeback a TV em 1994 com o "Xuxa Park", que também marcou sua volta como apresentadora infantil. A atração mesclava um pouco de tudo o que Xuxa fez em seus vários programas exibidos mundo a fora, ele tinha um pouco do "Xuxa Park", da Espanha, do "Xuxa", dos Estados Unidos, do "Show de Xuxa", da Argentina e do "Xou da Xuxa", do Brasil. Junto com o programa, a apresentadora lançou o álbum "Sexto Sentido", que ganhou certificado de diamante, e gerou os hits "Jogo da Rima", "É de Chocolate" e "Hey DJ". O "Park" foi cancelado em 2001, devido a um incêndio em seu estúdio, que começou na nave cenográfica. As gravações já estavam encerrando e Xuxa entraria no veiculo em 5 minutos, mas felizmente saiu ilesa do acidente. Das 300 pessoas que estavam presentes no estúdio, 26 ficaram feridas. O acidente foi bastante explorado por toda a imprensa na época que acompanhou todos os passos do processo investigativo da polícia. Xuxa fez vigília no hospital em que os feridos ficaram e se mostrou bastante abatida durante todo o período de internação das vitimas, sentindo-se muito culpada pelo ocorrido e chegou a cogitar deixar a carreira artística. Em 1995, em paralelo ao "Park", Xuxa comandou o "Xuxa Hits", que era um quadro do programa. No "Hits", Xuxa aparecia fantasiada em todos os programas e recebia os cantores que estavam com músicas nas paradas de sucesso. O programa voltou a ser um quadro do "Xuxa Park", após três meses solo, porque Xuxa não queria que o "Park" fosse só um programa infantil, ela queria que ele fosse um programa para adultos e crianças. No entanto, em 1997, inspirada no "Xuxa Hits", Marlene Mattos criou o "Planeta Xuxa", o maior sucesso da apresentadora com os altinhos. O programa, inicialmente exibido nas tardes de sábado e posteriormente aos domingos, foi um sucesso imediato. Os quadros de maior destaque eram o Transformação e o Intimidade. Nesse último, Xuxa recebia uma constelação global e invadia literalmente a intimidade dos famosos. O "Planeta" saiu do ar em 2002, devido ao desejo de Xuxa de voltar a ter um programa infantil, ela estava longe dos baixinhos desde o cancelamento do "Xuxa Park", e ao rompimento de sua parceria com Marlene Mattos, que era contra aos programas infantil, a profissional considerava um retrocesso. 2002 - 2014: Xuxa no Mundo da Imaginação, TV Xuxa e Conexão Xuxa Em 2000, Xuxa lançou o álbum visual "Xuxa Só Para Baixinhos", o material vendeu mais de um milhão de cópias. Inspirada no projeto, a apresentadora criou o "Xuxa no Mundo da Imaginação", que marcou a sua volta a grade diária da Globo. O programa tinha um conceito educativo e era direcionado para crianças de 0 a 10 anos e inicialmente não tinha cenário, Xuxa gravava em um fundo verde, que depois era transformado em mundo, para chamar os variados quadros da atração. O "Mundo da Imaginação" via o SBT de perto no ranking do ibope, coisa que nunca tinha acontecido na carreira da apresentadora, que até mesmo na guerra dominical era #1 isolada. Após várias reformulações, Xuxa voltou a ter um estúdio com plateia e a performar os seus grandes sucessos, deixando os lançamentos do "Só Para Baixinhos" de lado. Em 2004, O "Mundo da Imaginação" foi cancelado e foi exibido pela última vez em 31 de dezembro. No ano seguinte, Xuxa voltou ao ar com um novo infantil, o "TV Xuxa", dedicado a crianças de todas as idades, com vários quadros, um estúdio cheio de crianças, vários games, além da emblemática nave espacial, dessa vez inteiramente digital. O "TV Xuxa" devolveu a rainha o #1 isolado e teve três temporadas, como programa infantil, abandonando esse formato em 2007 e marcando o fim de sua carreira como apresentadora infantil. No finalzinho de 2007, em paralelo a "TV", a artista comandou o game show "Conexão Xuxa" nos domingos da Globo. O programa teve só uma temporada e era gravado inteiramente em externa. Em 2008, o "TV Xuxa" foi inteiramente reformulado e passou a ser um programa para a família. Xuxa entrevistava inúmeros globais no Papo X e recebia todos os cantores do momento. O programa foi exibido nas manhãs de sábado, entre 2008 e 2010, e posteriormente passou a ocupar a faixa vespertina, entre 2011 e 2014. O programa precisou ser cancelado devido a um problema nos pés que Xuxa apresentou, devido ao excessivo uso de botas e saltos. O "TV Xuxa" também foi o último programa da rainha na Globo. 2015 - Presente: Xuxa Meneghel e Dancing Brasil Após se recuperar, Xuxa apresentou vários projetos a Globo, que não aprovava nenhum e oferecia apenas especiais de final de ano. Sentindo-se desprestigiada, Xuxa rompeu seu contrato com a emissora e assinou com a Record, em uma midiatica troca de emissora. A assinatura do contrato foi exibida ao vivo pela emissora no "Programa da Tarde". Xuxa estreou um programa homônimo nas noites de segunda-feira na emissora. A atração, inspirada no "The Ellen DeGeneres Show", teve muita repercussão em seus primeiros programas. No entanto, não agradou ao público, principalmente os terninhos que a apresentadora usava. O programa, que passou por várias reformulações e duas trocas de diretores, saiu do ar em 19 de dezembro de 2016. Em 2017, Xuxa voltou a telinha com um novo desafio: apresentar um reality show e ter um diretor conhecido como "durão" atrás dela, coisa que ela não tinha desde a era Marlene Mattos. A apresentadora abandonou os terninhos e voltou a apresentar um "xou" com o "Dancing Brasil". Na atração, a rainha voltou a fazer grandes performances, chegando a descer de sua icônica nave espacial em um dos episódios. O "Dancing" teve duas temporadas uma atrás da outra, ambas com grande repercussão. A rainha retorna a TV hoje com a terceira temporada do "Dancing Brasil", às 22h30, na Record.
  4. Amore, a Angélica tbm não tá no topo, a Globo cancelou o programa e ela já está com data marcada pra ir pra geladeira. Infelizmente, a única ex-act estável é a Eliana, até a Xuxa tá por temporada agora
  5. eu sempre leio que o Angel Mix foi cancelado por baixa audiência e que mudou de formato várias vezes nesses 4 anos, Angélica quase foi demitida da Globo, só não foi porque aceitou fazer um quadro no Vídeo Show
  6. eu amava as chamadas aqui do Brasil, elas tinham um tom místico!
  7. Eu morro que a Camila vai pegar #1 antes das maiores estrelas pop teen, Selena Gomez e Ariana Grande, mas o ícone merece, ela era a minha favorita do Fifth Harmony (por ser a única com carisma)
  8. Eu li em uma matéria que ele tirou ela, pra Mara se dedicar aos quadros que ela vai estrelar no Fofocalizando e porque parece que ela vai ter um programa próprio
  9. Eu lembro que passava W.I.T.C.H na Xuxa, mas era na época em que eu estudava de manhã, aí eu só lia uma revista delas que eu fiz a minha avó pedir no catálogo da Avon
  10. Eu desenhava as Winx e depois recortava pra brincar, sofro na poc
  11. Eu gostava era de 3 Espias Demais, Clube das Winx, Meninas SuperSuperproderosas
  12. assistia tudo isso também, até o filme do Pequeno Urso eu aluguei