Marcus Dantas

Membros
  • Total de itens

    2.308
  • Registro em

  • Última visita

4 Seguidores

Sobre Marcus Dantas

  • Rank
    Top10 no Hot 100
  • Data de Nascimento Maio 12

Últimos Visitantes

617 visualizações
  1. A temática dofestival é totalmente difetente do RIR
  2. Caralho, tinha nem lembrado do festival da Anira. Vai virar uma maratona FM O Dia se a Beyonce vier pra esse. kkkkk
  3. Medo dela saturar?
  4. Kkkkk. So foi buzz título mesmo. Acredito que vem com show avulso. Ate porque esse festival deve acontecer daqui a 1 ano. Nao sei se ela já terá lançado álbum e saído em tour.
  5. Vem Bey, Shakira e Katy.
  6. O fundador e presidente do Rock in Rio, Roberto Medina, anunciou o lançamento do calendário de eventos “Rio de Janeiro a Janeiro” e a realização de um novo festival de música e entretenimento na cidade, previsto para 2018. As informações foram dadas durante uma palestra do executivo, em cima do Palco Mundo da nova Cidade do Rock, para uma plateia de cerca de 600 pessoas que participaram do Rock in Rio Academy by HSM, na última terça-feira. Medina afirmou que o momento de grandes dificuldades políticas e econômicas que o Brasil vem enfrentando atinge o Rio de Janeiro com ainda mais força. “Ao mesmo tempo, vimos as pessoas convivendo em paz no primeiro final de semana do Rock in Rio, sentadas na grama com semblante de alegria. Isso me motiva a virar a mesa”, comentou. O executivo revelou que, há alguns meses, a partir de conversas com outros promotores e empresários, começou a montar um calendário permanente de eventos para o Rio de Janeiro, englobando cultura, entretenimento, esportes, moda e negócios. De acordo com Medina, a seu pedido, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) realizou uma projeção e chegou à conclusão de que um aumento de 20% no turismo da cidade teria impacto de mais de R$ 6 bilhões na economia, no primeiro ano, e cerca de R$ 200 milhões para o caixa da Prefeitura do Rio. Com apoio do Governo Federal, o calendário se tornou o programa “Rio de Janeiro a Janeiro”, que será lançado neste domingo, às 11h, no último dia do Rock in Rio 2017, com a presença dos ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco; da Cultura, Sérgio Sá Leitão; do Desenvolvimento Social, Osmar Terra; do Esporte, Leonardo Picciani; e do Turismo, Marx Beltrão. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADADE “Não adianta o Rock in Rio ir bem e lotar a nova Cidade do Rock se a cidade do Rio de Janeiro não está bem. A rua tem que ir bem. Eu não consigo viver fora do Rio e, por isso, digo que vamos tomar o nosso país de volta, vamos mudar porque essa é a nossa casa. Mesmo vivendo sem segurança, quero viver meu sonho de transformar esta cidade”, declarou, emocionado. Novo festival alienígena Medina aproveitou o encerramento do Rock in Rio Academy by HSM para falar de seu novo projeto, já inserido no programa de eventos: Zaytrons – Planeta de Andrômeda. Ele exibiu um vídeo de apresentação do novo festival que pretende misturar música, games, entretenimento e discussões socioambientais, com uma temática alienígena. No filme, um personagem alienígena chamado Akiiva diz que gostaria de voltar à Terra e ao Rio de Janeiro para mostrar aos humanos como o seu planeta alcançou uma realidade de paz, prosperidade, alta tecnologia, sustentabilidade e preservação dos recursos naturais. O vídeo mostra o projeto visual do festival, que ocorrerá também no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, durante três finais de semana e com 24 grandes atrações musicais, segundo Medina. Para surpresa dos presentes, as imagens mostraram diversas cenas da cantora Beyoncé e a banda Bon Jovi, mas o executivo não confirmou a presença dos artistas no evento. Além dos shows, Zaytrons teria um espetáculo do Cirque du Soleil e outro de patinação no gelo, montados nas duas Arenas Cariocas (que atualmente recebem a Game XP do Rock in Rio), além de uma montanha artificial de neve para esqui. O personagem alienígena do vídeo também deve ser protagonista de atrações e até mesmo de debates sobre o futuro do Rio de Janeiro e do planeta. “Minha ideia inicial era fazer um evento infantil, mas decidi que teria de ser diferente. Com tudo o que está acontecendo, acelerei a produção e já vamos fazer no ano que vem. As pessoas se sentirão numa de metrópole do futuro inserida no ambiente da natureza”, explicou Medina. A fala do executivo encerrou a terceira edição do Rock in Rio Academy by HSM, que recebeu cerca de 600 executivos, líderes, empreendedores e comunicadores na última terça-feira, em plena Cidade do Rock, justamente em um dos poucos momentos de pausa entre o primeiro e o segundo final de semana do festival. O programa, que é realizado pelo Rock in Rio em parceria com a HSM Educação Executiva, apresentou uma série de palestras e discussões sobre práticas de gestão, valores de marca, marketing com propósito e empreendedorismo, em um formato de estudo de caso ao vivo. Os participantes têm a chance de conhecer histórias e exemplos de gestão no espaço do festival, onde elas são colocadas em prática. “Vamos passar dessa fase difícil, do mesmo jeito que deixamos outros períodos ruins para trás. Queremos alavancar, a partir do Rio, um sentimento de que o Brasil pode dar certo. Junto com a mensagem do Rock in Rio, de que acreditamos em um mundo melhor, quero reforçar esse recado de que precisamos colocar a mão na massa para cuidar da nossa cidade e do nosso planeta”, finalizou o fundador do Rock in Rio. Fonte: http://epoca.globo.com/Especial-Publicitario/Rock-in-Rio/noticia/2017/09/roberto-medina-anuncia-novo-festival-e-calendario-de-eventos-para-o-rio-de-janeiro.html
  7. É a música mais memorável da Gaga, viado. Para de passar vergonha.
  8. Isso ela vacilou e não dá pra defender ter financiado, maa pelo menos como empreendedora não esta lucrando em cima disso. E pode mudar com consumo consciente também.
  9. Rainha consciente.
  10. No dia 8 de setembro entrou nas melhores lojas do mundo a nova linha de maquiagens da Rihanna, a Fenty Beauty. Desde então, a cantora fez eventos de lançamento em Nova York, Londres e Paris. No entanto, ela não vai na China… Isso porque os produtos não serão lançadoa lá. Tem um motivo: a legislação do país exige que sejam testados em animais, mas a cantora se recusou a fazer isso. Um usuário do Twitter perguntou à Rihanna se sua linha é livre de crueldade animal e ela respondeu: “você está me chamando de animal?”, bem humorada. No site oficial, é possível ver uma declaração de que a linha é 100% livre de crueldade. Infelizmente, nem todas as marcas tem esse tipo consciência. Famosas grifes usam desse cruel artifício e já até sofreram processos por isso.
  11. Lançar um clipe no VMA não é divulgação? Divulgação zero foi Wild Thoughts que morou em #2 só com o clipe que saiu no dia da musica.